O PROIFES-Federação teve, no dia 16 de fevereiro, seu primeiro encontro com o Ministério da Educação, representando pela Secretária Maria Helena de Castro. Na ocasião, o presidente Eduardo Rolim (ADUFRGS-Sindicato) entregou uma pauta de reivindicações, aprovada no XII Encontro Nacional da Federação, realizado em agosto do ano passado. Entre elas, estão o cumprimento dos pontos pendentes do acordo de 2015, a retomada do Grupo de Trabalho para discutir questões não contempladas pelo acordo, bem como as propostas de reajuste salarial para 2018 e a continuidade do processo de reestruturação das carreiras. (Veja aqui o documento). De acordo com a Secretária, as questões salariais serão encaminhadas para o Ministério do Planejamento; outros temas serão debatidos com a Sesu (Secretaria de Educação Superior) e Setec (Secretaria de Educação Técnica e Tecnológica) em agenda a ser marcada em breve.

A Apub realizou no dia 15 de fevereiro uma Assembleia para iniciar as discussões da Campanha Salarial. A plenária deliberou que o debate sobre a Campanha deve ser politizado considerando a aprovação da PEC 55, as reformas da Previdência e Trabalhista. Além disso, foi aprovada a realização de um estudo comparativo do salário dos/as docentes das universidades e institutos federais com outras categorias de servidores/as públicos/as. Leia mais aqui

Com informações do PROIFES-Federação