Spread the love

Privatização e financiamento da Universidade pública são temáticas do evento que reúne representações de toda a região

Com o tema Em Defesa da Universidade Pública, a Associação dos Docentes da UFPE (ADUFEPE) promove o primeiro Encontro Norte e Nordeste de Associações e Sindicatos do Movimento Docente, no dia 13 de setembro, a partir das 9h, no auditório da entidade. Além do sindicato pernambucano, o evento reúne representantes do Pará, Rio Grande do Norte, Maranhão, Bahia, Piauí, Ceará e Alagoas para debater os desafios do movimento docente atualmente.

Idealizado pela Diretoria da ADUFEPE, o evento foi articulado com docentes do Sindicato da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ADURN) e do Sindicato das Universidades Federais do Ceará (ADUFC), como lembra o presidente da ADUFEPE, professor Edeson Siqueira. “Estamos buscando unir o movimento docente do Norte e Nordeste em defesa da universidade. Esse encontro é um desdobramento da Frente Pernambucana em Defesa da Universidade Pública e foi pensado junto aos professores Ênio Pontes e Francisco Wellington”, conta o diretor.

Pela manhã, representações sindicais participam da roda de diálogo Movimento Sindical na Atualidade: o Nordeste Contra a Privatização das Universidades Públicas.  Com a participação dos professores Edeson Siqueira (ADUFEPE), Érika Suruagy (ADUFERPE), Francisco Wellington (ADURN Sindicato), Ênio Pontes (ADUFC Sindicato), Arkley Bandeira (SindufMA), Luciene Fernandes (APUB), Maria do Socorro Pereira (ADUFPI), Irailde Correia e Ana Maria Vergne (ADUFAL).  Para o professor da UFRN, Francisco Wellington, esse debate é fundamental diante do cenário atual. “Estamos vivenciando um momento marcado por cortes e congelamentos, e para defender a educação superior é preciso debater formas para mudar a situação”.

À tarde, o professor Sérgio Rezende, ex-ministro da Ciência e Tecnologia, e o professor Gil Vicente, fundador do PROIFES-Federação, participam da mesa redonda Financiamento da Universidade Pública. Essa mesa será coordenada pelo professor Jaime Mendonça. Sindicalista desde a década de 80, ele acredita que só a luta da categoria pode reverter o quadro e retomar os investimentos em Ciência e Tecnologia e Educação pública. “Desde 2015 as instituições de Ensino Superior sofrem uma diminuição significativa do orçamento, e agora isso se acentua ainda mais. Esse encontro vem para fortalecer essa pauta e apresentar alternativas junto a categoria”, adianta Mendonça.

Propostas

Além de fomentar os debates, a expectativa dos organizadores é que o encontro propicie propostas e encaminhe ações para o setor. Na ocasião, será discutida a criação da Frente Norte-Nordeste em defesa da Universidade Pública. Visando combater ataques como a Emenda Constitucional 95, que congela os investimentos públicos por 20 anos, os docentes planejam ampliar ações junto aos parlamentares e presidenciáveis. “O financiamento está comprometido pela EC 95, precisamos reivindicar aos parlamentares sua revogação. Também planejamos produzir um documento para que os candidatos à presidência da república já se comprometam em revoga-la”, disse o presidente da ADUFEPE.

Confira a programação completa:

I Encontro Norte e Nordeste de Associações e Sindicatos do Movimento Docente –

13 de setembro, quinta-feira

Tema: Em defesa da Universidade Pública

9h – Solenidade de abertura

9h30 às 12h – Roda de diálogo: Movimento Sindical na Atualidade: o Nordeste Contra a Privatização das Universidades Públicas

Participantes: – Edeson Siqueira (ADUFEPE) – Francisco Wellington (ADURN Sindicato) Ênio Pontes (ADUFC Sindicato) – Socorro Coelho (SindProifes-PA) – Luciene Fernandes (APUB Sindicato) – Arkley Bandeira (SINDUFMA) – Maria do Socorro Pereira da Silva (ADUFPI) – Jailton Lira (ADUFAL)

Coordenação: Audisio Costa

12h às 14h – Intervalo para Almoço

14h às 16h – Mesa redonda: Financiamento da Universidade Pública

Participantes: Prof. Sérgio Rezende (UFPE) e Prof. Gil Vicente (UFSCar)

Coordenação: Jaime Mendonça

17h – Solenidade de encerramento