Abertura do III Encontro de Aposentados tem alegria e chamado à mobilização

Confraternizar e mobilizar. Foram esses os motes da abertura do III Encontro dos Professores Aposentados da Apub, no dia 25 de outubro, na sede do sindicato. O Encontro, organizado pela Comissão de Aposentados, com o apoio da Diretoria, teve como tema “O capital intelectual do aposentado e sua contribuição para o Brasil em crise”. A mesa foi composta pela presidente da Apub, Cláudia Miranda, a coordenadora da Comissão de Aposentados, Maristela Said, o diretor social e de aposentados Joviniano Neto e o presidente do PROIFES-Federação Eduardo Rolim (ADUFRGS Sindical).

IMG_0937 IMG_0993

A professora Maristela lembrou a atuação da Comissão – como o empenho para a instituição da Programa Especial de Participação de Professores Aposentados nas atividades da UFBA e a busca por novos convênios – bem como o aumento da participação dos professores desde o último Encontro. Ela exaltou o clima de cordialidade e parceria existente e a importância dos aposentados e aposentadas para a comunidade universitária: “a UFBA é o que é hoje pela competência de quem fez parte dela no passado”, disse. Joviniano Neto destacou o grande número de filiados e filiadas aposentados/as afirmando que o sindicato precisa ter uma política voltada para o segmento. Fez referência às ações da Apub nesse sentido, como a mobilização pela derrubada da Nota Técnica do Ministério do Planejamento que impedia dupla aposentadoria dos professores D.E. e as resoluções levadas pela Apub e aprovadas no XII Encontro Nacional do PROIFES.

IMG_0983 IMG_0972

Para o presidente da Federação, Eduardo Rolim, o aposentado deve se considerar ativo nas lutas que o sindicato desenvolve, trazendo a experiência de lutas passadas. Ele alertou que há uma série de ataques aos direitos em curso, como a PEC 241, a Reforma da Previdência, os projetos do “Escola Sem Partido” e que contava com “o apoio de vocês para que sejam propaladores das lutas que o sindicato faz hoje”. Citou também o acordo assinado pelo PROIFES em 2012 que instituiu a paridade entre ativos e aposentados e convidou para o Encontro de Aposentados da Federação, que acontecerá nos dias 11 e 12 de dezembro. Port fim, afirmou que o maior desafio do movimento docente é não deixar que as reformas previdenciárias que foram feitas criem uma “fratura” entre as diferentes gerações. “Defender os que já passaram é defender a todos”, disse.

Momento Musical e Exposição

IMG_1011 IMG_1044

Após a mesa de abertura, houve uma apresentação musical pela professora Elena Rodrigues (flauta) e Ekatarina Konopeva (teclado). Elas executaram peças clássicas, como Camille Saint-Saens e Villa Lobos, e também canções da Bossa Nova. Em seguida, houve confraternização com coquetel e exposição de telas e esculturas de professores/as. A mostra ficará em exibição até o dia 01 de novembro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu