Corrupção na administração pública piorou no governo Bolsonaro

Corrupção na administração pública piorou no governo Bolsonaro

😈 Para facilitar a corrupção, o governo de Jair Bolsonaro vem interferindo nas instituições e implementando perseguições aos servidores públicos.

Como resultado, 55,4% dos servidores afirmaram que as interferências políticas aumentaram no governo Bolsonaro e 52,7% disseram que não se sentem seguros para denunciar condutas ilícitas, segundo uma pesquisa feita pelo Banco Mundial com 22 mil funcionários públicos federais. 😰

🤨 Se mesmo com a estabilidade na função os servidores sentem-se inseguros para fazer denúncias, imagine o que aconteceria se o governo conseguisse aprovar a Reforma Administrativa para acabar com a proteção ao funcionalismo.

☠️ As interferências do governo nas instituições para proteger aliados ou mesmo os filhos do presidente (4 deles estão sob investigação), a redução do combate ao crime organizado, a proteção a desmatadores e a quem pratica trabalho escravo, e o aumento dos conflitos de interesse entre a iniciativa privada e o setor público são marcas da atual gestão, que se tornam cada vez mais visíveis.

Nos países desenvolvidos, o Estado garante meios para que servidores possam atuar sem serem ameaçados, coagidos ou chantageados por superiores, gestores, políticos ou membros do governo.

A estabilidade dos servidores no Brasil existe com esse mesmo objetivo e, por isso, deve ser preservada. 🤝

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp