CUT protesta contra a FIFA e a violação de direitos dos trabalhadores

Para denunciar a violação de direitos de trabalhadores na preparação dos Mundiais – Brasil (2014), Rússia (2018) e, principalmente, no Qatar (2022), onde os desrespeitos são ainda mais graves –, a CUT realizou protesto nas proximidades do Complexo Hoteleiro da Costa do Sauípe, em Mata de São João (BA), na sexta-feira (06/12), na ocasião do sorteio dos grupos de times para a Copa Mundial de Futebol. O presidente da CUT-BA, Cedro Silva, reforça a crítica e reclama das condições desumanas enfrentadas pelos trabalhadores no Qatar. Informações oficiais do governo do Nepal dão conta de que os trabalhadores que migraram para lá estão trabalhando em condições análogas às de escravos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu