Docentes da Unilab discutem condições de trabalho e segurança digital em reunião com a reitoria

Professores e professoras do campus dos Malês da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab) tem se organizado, junto à Apub, para cobrar posicionamentos da reitoria da instituição para diversas demandas relacionadas, principalmente, às condições de trabalho durante a pandemia. Após reunião dia 15 de julho, na qual foi entregue um dossiê detalhado com as demandas (relembre aqui), aconteceram mais dois encontros, o último dos quais foi dia 12 de agosto. Deste, participaram 66 docentes, além do reitor pro tempore, professor Roque Albuquerque e demais representantes da administração central. Os/as docentes reiteram suas reivindicações e fizeram questionamentos sobre códigos de vagas, normatização de carga horária, previsão de finalização das obras no campus e medidas de segurança digital, tendo em vista os recentes ataques/invasões a salas de reuniões online, especialmente as que tratam de temas relativos aos Direitos Humanos. O diretor da Apub e docente da Unilab Cláudio André Souza avaliou positivamente o encontro e ressaltou que a Universidade deve se preocupar em gerar “um pacto político na defesa de um ambiente institucional democrático, isto é,  internamente a gestão atual precisa acenar com a construção de uma agenda prioritária do Campus dos Malês”.  

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp
Close Menu