Em reunião ampliada, Apub e docentes discutem organização do 19J

Na tarde de ontem (15), a diretoria da Apub esteve reunida com docentes para discutir a participação do sindicato na manifestação do dia 19 de junho, convocada por movimentos sociais e organizações políticas. Dentre as pautas dos protestos incorporadas pelo sindicato, estão a exigência da aceleração da vacinação contra covid-19, a recomposição orçamentária da educação, mais investimentos nos serviços públicos, denúncia das privatizações e do aumento da fome no país, além do Fora Bolsonaro.

Na ocasião, foi feita uma avaliação das mobilizações do 29 de maio, com ênfase nos cuidados sanitários e na repercussão política. Entre os presentes, houve consenso sobre os resultados positivos, considerando que as ações as/os manifestantes em todo o país utilizaram máscaras durante todo o percurso e mantiveram distanciamento, demonstrando forte oposição à postura negacionista e diferenciando-se das aglomerações convocados pelo governo ou em apoio ao presidente. A Apub, assim como outras entidades, distribuiu máscaras tipo N95/PFF2 para garantir maior proteção contra o coronavírus.

Mesmo com participação de milhares de pessoas, os atos não impactaram em aumento de casos ou agravamento da crise sanitária. Ainda, foram apontadas a importância e necessidade da realização dos atos diante da grande ameaça que o governo de Bolsonaro tem representado, inclusive no que diz respeito à pandemia e às condições de vida da população.

Para o 19J, a Apub fará a convocação da categoria, reforçando a segurança sanitária dos atos, e na reunião ampliada discutiu-se algumas propostas organizativas e de materiais. O ato será organizado em filas indianas e a Apub formará um bloco junto com outras entidades da educação e do movimento sindical.

Na sexta-feira, 18 de junho, terá um plantão na sede do sindicato, das 9h às 13h, para entrega de kits com máscara, álcool 70% e camisas para filiadas/os, que também podem pegar bandeira do sindicato, boné e squeeze. A concentração da Apub para o ato no sábado, 19/06, em Salvador, acontecerá a partir das 13h30, no gradil da praça do Campo Grande, logo em frente ao Teatro Castro Alves. A manifestação está prevista para iniciar às 14h e seguirá até o Farol da Barra.

Orientações de segurança sanitária:

– Pessoas com suspeita, sintomas ou confirmação de Covid-19, ou que tiveram contato com outras pessoas nessas situações, não devem participar do ato;

– O uso de máscara é obrigatório durante todo o percurso do ato. Use preferencialmente máscaras do tipo N95/PFF2. Se puder, leve máscaras extras;

– Use álcool 70% para manter as mãos sempre limpas. Higienize as mãos antes e após tocar em seu rosto ou na máscara;

– Mantenha distanciamento de, no mínimo, 2 metros entre manifestantes;

– Atente-se aos cuidados durante o deslocamento até o local do ato e também durante o retorno para casa;

– Não deve haver abraços e beijos entre manifestantes, nem compartilhamento de objetos, bebidas e alimentos;

– Só retire a máscara quando chegar em casa.

Fonte: Guia de Segurança Sanitária na Pandemia da Rede Nacional de Médicas e Médicas Populares

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu