Manifestação contra PL 1992 continua

Trinta entidades nacionais representantes de mais de 1,5 milhão servidores públicos federais dos três poderes estão mobilizadas na Câmara Federal para demonstrar aos parlamentares e ao governo que não aceitam a mudança na Previdência Complementar, expressa no Projeto de Lei 1992/07. O PL privatiza a previdência pública, promovendo a precarização e o desmonte do serviço público. A mobilização teve início às 6h30 desta terça (28), quando servidores se reuniram no aeroporto de Brasília para receber deputados. Às 10h foram realizadas visitas aos gabinetes para entregar uma carta assinada por todas as entidades.O Proifes solicitou apoio junto aos parlamentares e o professor Marcelino Pequeno, presidente da ADUFC, reuniu-se com o deputado Ariosto Holanda (PSD-CE) para pedir a rejeição do PL junto aos líderes do partido. Na parte da tarde, além de outras visitas, o Proifes também esteve presente na reunião da Comissão especial do Plano Nacional de Educação (PNE) para acompanhar o andamento das discussões.

Por Mécia Menescal, Proifes Federação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu