Nota da Apub l Solidariedade ao professor da UFBA vítima de fake news

A Apub vem a público manifestar sua solidariedade, colocando-se à inteira disposição do professor da UFBA que foi vítima de fake news associando seu nome e imagem à incitação de violência nas redes sociais. Consideramos que além dos danos pessoais causados, a prática crescente do uso de fake news para destruir reputações, imagem de pessoas e instituições e obter ganhos políticos, tornou-se um grave problema social, como assistimos agora no país e, portanto, deve ser discutido, estudado e combatido por todas as pessoas e organizações democráticas.

Sabemos que nos últimos anos, professores e professoras têm sido alvo de agressões e perseguições à sua liberdade de cátedra, pensamento e expressão, com o avanço de ideias fascistas e do conservadorismo no país. Reiteradas vezes a Apub denunciou iniciativas semelhantes ao projeto Escola Sem Partido e de criminalização/judicialização da prática docente e da Universidade como espaço de debate democrático e do pensamento e teoria críticos.

Mais recentemente, o sindicato tem se debruçado sobre o perigo das notícias falsas e da desinformação, questão que se tornou um grande problema durante as eleições presidenciais e que agora, neste contexto de crise sanitária e social, tornam-se também um problema de saúde pública no Brasil.

Ambos os eventos – intimidações e fake news – fazem parte de uma movimentação política que atinge em cheio princípios democráticos e a própria Democracia, tendo como agravante o fato de que membros do próprio governo se utilizam dessas estratégias para deslegitimar a Universidade pública, a produção científica e os movimentos e pessoas críticas ao governo.

Diante do exposto, repudiamos qualquer tentativa de intimidação, difamação e falsas acusações contra qualquer cidadã ou cidadão. Nossa assessoria jurídica está desde o dia de ontem em contato com o docente para auxílio e orientação sobre as medidas cabíveis nessa situação. Como uma entidade democrática, valorizamos a pluralidade de pensamento, a liberdade de expressão e, logo, nos opomos ao autoritarismo, à violência e ao fascismo, dos quais as fake news têm sido grande aliadas.

➡️ Veja aqui a nota da Congregação da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) da UFBA sobre o caso do professor.

➡️ Confira a matéria na nova edição do Jornal da Apub sobre fake news: Água morna com limão não cura a Covid

➡️ Assisa o vídeo da mesa promovida pela Apub no Congresso Virtual da UFBA sobre o tema: Democracia e política na plataforma digital: o desafio das fake news

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp
Close Menu