Proifes repudia proposta de contratação de professores sem concurso

O Proifes Federação enviou ofício ao Ministério da Educação, no último dia 26/09, confirmando o repúdio à informação veiculada pela Agência Brasil de que a Capes defende a contratação de professores por organizações sociais e que estes passariam a ser contratados de forma autônoma pelas instituições de ensino, via CLT, sem concursos públicos. A posição contrária da direção da entidade já havia sido externada durante reunião no MEC, realizada no dia 25 de setembro, sobre expansão das Ifes. No documento, o Proifes cobrou explicações sobre a situação, já que a Lei 12.772/2012 prevê a contratação de professores nas IFE através de concurso público de provas e títulos, e adotar essa nova sistemática é negar tudo o que foi discutido anteriormente nos acordos que viraram leis. Leia o ofício.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu