Assembleia aprova contas da Apub do exercício de 2018

Realizada na tarde de hoje (23), a Assembleia Geral da Apub, aprovou por unanimidade, as contas do sindicato do exercício do ano de 2018, de acordo com o recomendado pelo Conselho Fiscal em seu parecer. A Assembleia foi coordenada pelo diretor social e de aposentados da Apub, Joviniano Neto, pelo professor Ricardo Carvalho (Politécnica/UFBA) e professora Auristela Félix (Contábeis/UFBA), membros do Conselho Fiscal do sindicato.

O professor Joviniano fez a leitura dos informes da diretoria (veja aqui) e lembrou as ações que a Apub vem realizando em oposição do “Future-se”, inclusive com a realização da Plenária Unificada dos quatro setores da UFBA, no dia 26 de setembro, quando a comunidade afirmou sua rejeição ao projeto, antecipando-se ao Conselho Universitário, que votará a questão no dia 29 de outubro. O professor Ricardo Carvalho relatou brevemente como se deram as discussões sobre o “Future-se” no âmbito do PROIFES-Federação; afirmou que a avaliação é que haverá dificuldade de aprovar o projeto como está, na Câmara, mas é necessário manter a mobilização diante dos debates que virão, para evitar qualquer iniciativa privatizante nas universidades públicas. Em participação do plenário, o professor Manoel Marcos, da Comissão de Aposentados da Apub, relembrou as discussões sobre as articulações na Câmara trazidas no Seminário Universidade Pública: autonomia e financiamento, promovido pela Apub e PROIFES nos dias 03 e 04 de outubro.

Em seguida, o professor Ricardo procedeu a leitura do parecer do Conselho Fiscal, que recomendou a aprovação das demonstrações contábeis de 2018 (leia aqui). Ele ainda tirou algumas dúvidas dos/as presentes em relação às contas da Apub e informou que o Conselho modificou sua recomendação de 04 para 07 meses de horizonte de caixa – reserva financeira para cobrir as despesas correntes – em vista das dificuldades da conjuntura. O professor Joviniano Neto lembrou que, apesar do desconto em folha de pagamento manter-se funcionando, há debate sobre uma reforma sindical e será preciso que as entidades se previnam contra os possíveis obstáculos no recolhimento das contribuições dos/as associados/as. A professora Auristela Félix aproveitou para parabenizar o trabalho que vem sendo realizado pelas diretorias financeiras e pelo setor financeiro da Apub na organização dos documentos e contabilidade, sempre com correção e qualidade. Ela expressou a importância desse cuidado com o recurso que é coletivo, pertence aos professores e professoras. Por fim, foi votado e aprovado por unanimidade o parecer.

O site da Apub possui uma página dedicada à transparência, onde são publicadas as demonstrações financeiras do sindicado em cada mês e informações sobre o Conselho Fiscal. Acesse e acompanhe.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu