Visita às unidades: docentes conversam sobre o projeto Future-se

Entre as/os docentes, há ainda muitas dúvidas acerca do programa Future-se, lançado pelo Ministério da Educação visando o financiamento das Universidades e Institutos Federais. Para esclarecer os principais pontos do projeto, a Apub realizou, no dia 06, visita em unidades da UFBA; o vice-presidente do sindicato, Emanuel Lins, esteve em Nutrição, e a professora Luciene Fernandes (ICS/UFBA) representou a Apub na FACED, no dia 06 de agosto. As falas abordaram o caráter do Future-se como projeto de financiamento e não de Educação, e que dificulta o cumprimento das metas do PNE. O seu objetivo principal é a privatização da Universidade e o fim da sua autonomia, a partir principalmente da gerência de fundos privados, da captura do patrimônio das IFES pelo mercado financeiro e da implantação de Organizações Sociais para gestão. Além disso, também foi falado sobre como o programa poderá afetar a carreira docente, gerando disparidades salariais e conflitos entre os cursos e entre as próprias IFES, a partir do estímulo à concorrência para captação de recursos. Falou-se ainda sobre a forma que o projeto foi elaborado sem a participação da comunidade acadêmica, o que gerou questionamentos das/os docentes sobre a participação na consulta pública ao Programa. Luciene esclareceu que o instrumento é inadequado, deixa muitas incógnitas sobre a execução do Future-se, e além disso, o tempo para acolher as sugestões é bastante curto, servindo apenas para dizer que o governo construiu com a sociedade. A Apub ressaltou ainda a importância de promover mais espaços de conversa entre a comunidade acadêmica e de disputar a narrativa em defesa das IFES e da Educação Pública como promotoras não apenas de conhecimento, mas do desenvolvimento social e do país.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp
Close Menu