Novas formas de contratação deixarão os serviços públicos mais frágeis

novas-formas-de-contratacao-deixarao-os-servicos-publicos-mais-frageis

🥀 A Reforma Administrativa (PEC 32/2020) enfraquecerá os princípios, direitos e regras que regem os docentes e demais servidores.

Ela dará fim ao Regime Jurídico Único (RJU), e implementará 5⃣ vínculos ao Estado, sendo que somente os ‘cargos típicos de Estado’ terão estabilidade, mas representarão uma parcela minúscula do funcionalismo (que não engloba professores).

😫 Pois é: as novas formas de admissão não proporcionarão melhorias nos serviços públicos.

Serão apenas uma porta de entrada para a contratação de profissionais em condições trabalhistas mais fragilizadas (que não poderão se proteger de assédio ou de pressões políticas ou de poderosos, inclusive dos corruptos) ou, principalmente, de apadrinhados políticos (que poderão assumir lugar de docentes, mesmo sem qualquer qualificação para atuar na educação).

✊ Barrar a PEC 32/2020 é uma questão de urgência em defesa do serviço público, porque ele é o futuro do Brasil.

#ReformaAdministrativaNão #GovernoContraoPovo #GovernoMente #DefendaoServiçoPúblico #PEC32Não #ServiçosPúblicos #VoteContraAPEC32

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu