Preconceito: ABM se posiciona quanto a matéria divulgada no IG sobre “Dignidade Médica”

A Associação Bahiana de Medicina defende a autonomia da manifestação de opiniões e posicionamentos acerca de quaisquer assuntos, mas lamenta qualquer tipo de posição preconceituosa por conta de etnia, origem geográfica, gênero, religião, classe social, escolaridade, orientação sexual ou ideologia, etc. Casos em que isso ocorra devem ser investigados e atribuídas as devidas responsabilidades.

Nosso posicionamento está baseado em matérias publicadas por alguns veículos de comunicação, inclusive pelo site IG, no dia 7/10/14. Segundo o conteúdo, uma comunidade de quase 100 mil usuários numa rede social, que se declaram profissionais da classe médica brasileira, teria se tornado palco de uma guerra de classes no entorno da corrida presidencial, entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).

Com o título de “Dignidade Médica”, as postagens do grupo pregariam “castrações químicas” contra nordestinos, profissionais com menor nível hierárquico, como recepcionistas de consultório e enfermeiras, e estariam propondo um “holocausto” entre os eleitores da petista.

Por ABM

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu