Spread the love

Em agosto, docentes do Magistério Superior (MS) e Ensino Básico Técnico e Tecnológico (EBTT) receberão a 1ª parcela referente à reestruturação das carreiras, fruto do acordo negociado em 2015 pelo PROIFES-Federação e então governo Dilma Rousseff que se transformou na lei 13.325/2016.

Esta parcela não se trata de reposição inflacionária, mas sim da criação de uma estrutura lógica de referência entre regimes de trabalho, níveis, classes e titulação. Por esse motivo, os percentuais de aumento são diferentes a depender da posição que o/a docente se encontra na carreira – eles foram pensados para minimizar as distorções historicamente acumuladas. Outras duas parcelas da reestruturação serão pagas em 2018 e 2019.

Os sindicatos federados do PROIFES já aprovaram, no seu XIII Encontro Nacional, realizado em julho deste ano, a inclusão da reivindicação da parcela de inflação não recebida de 2016 mais a soma dos índices de inflação de 2017 e 2018 como uma das pautas da categoria.

Acesse aqui seu salário a partir de agosto de 2017.

Com informações da Adufg Sindicato