Spread the love

Aconteceu ontem (10) a Plenária Unificada de Mobilização da UFBA, articulação das entidades representativas dos três setores – APUB, ASSUFBA e DCE – para pensar e deliberar ações de enfrentamento à conjuntura nacional, principalmente referente aos ataques à educação e universidade públicas. A presidenta da Apub, Luciene Fernandes enfatizou a importância desta articulação e informou sobre a tentativa de resgate do Fórum Estadual de Servidores Públicos com o intuito de criar uma frente ampla de luta contra a destruição do serviço público, um dos principais alvos deste governo. Ela chamou atenção para a situação financeira da UFBA devido ao contingenciamento de recursos e para medidas arbitrárias do governo que têm ameaçado a autonomia universitária. Convidou ainda para a inauguração do Tesourômetro – Campanha Conhecimento Sem Cortes – no dia 16 de outubro. Representante do DCE, Matheus Assis destacou a importância da plenária afirmou que era preciso planejar próximos encontros e também atividades em outros espaços que pudessem agregar não só a base dos sindicatos, mas toda a comunidade universitária. Antônio Bonfim (Assufba) falou sobre sua expectativa para a assembleia dos/as servidores/as técnicos-administrativos, marcada para 11 de outubro e que debateria indicativo de greve da categoria. Também ressaltou a importância de manter a unidade das entidades.

Entre os participantes, houve consenso sobre a dificuldade de mobilização neste período, ainda que perante um governo sem apoio popular e com o recrudescimento dos ataques aos direitos. Também foi pleno acordo que é preciso fortalecer esta articulação dos setores, incluindo os trabalhadores terceirizados e a APG (Associação dos pós-graduandos); também pensar uma agenda de atividades dentro e fora da universidade, abordando o desmonte dos serviços públicos e a defesa da educação pública e politizando a luta além do âmbito corporativo; construir espaços para que as pessoas se coloquem em movimento e buscar informar a população sobre o que está acontecendo e quais são as reais ameaças. Dentre os encaminhamentos, será convocada uma nova plenária unificada, ainda sem data definida; a continuidade das passagens nas unidades da UFBA e as reuniões da comissão de mobilização, às quartas-feiras, 10h, na sede da Apub.