NOTA DO PROIFES I Da indignação à ação, a urgente e necessária defesa da Democracia

O antropólogo e educador Darcy Ribeiro afirmou: “Só há duas opções nesta vida: se resignar ou se indignar. E eu não vou me resignar nunca”.

Indignação. Não pode ser outro o sentimento de qualquer brasileiro(a) digno(a) ao tomar conhecimento da mais recente manifestação de desapreço pela democracia  lançada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. 

Aos fazer uso da sua conta na rede social Whatsapp para convocar ato em sua defesa e contra os poderes Legislativo e Judiciário (STF), Bolsonaro ultrapassou o limite tolerável para a convivência democrática. 

É com muita preocupação, mas, sobretudo, com muita indignação que a direção do PROIFES-Federação repudia a postura do presidente Jair Bolsonaro. 

Passado mais de um ano da posse do atual presidente, já não cabe duvidar da sua incapacidade para o exercício da função que insiste diariamente em desonrar. O despreparo dos nomes escolhidos para compor seu ministério, com destaque para o ministro da educação, é, em si, algo muito grave. Demandas urgentes deixam de ser atendidas com graves consequências para o já tão sofrido povo brasileiro. Mas, nada pode ser mais grave do que os ataques desferidos contra a democracia. Eles se dão pela disseminação de mentiras (Fake News); pelos ataques à parte da imprensa, aquela não alinhada ao seu discurso de ódio; pela permanente retirada de direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores e negação de oportunidades a quem necessita de emprego; pelo estímulo à violência física; pelo apoio às milícias; e, agora, de forma escancarada, pela maneira como atenta contra a Constituição de 1988.

O momento exige resposta das forças democráticas. Como afirmou o decano do STF, ministro Celso de Melo, “um presidente da República pode muito, mas não pode tudo”.

Fiel ao pensamento de Darcy Ribeiro, a direção do PROIFES-Federação convoca professoras e professores das instituições federais de ensino superior e do ensino básico, técnico e tecnológico a transformarem a indignação em ação e juntos derrotarmos o fascismo nas ruas. Dia 18/03 é dia de resposta, é dia de GREVE Geral em defesa da democracia, da educação pública e do serviço público.  

#8demarco
#18demarco

Fonte: PROIFES-Federação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu