Apub adere à paralisação nacional do dia 30 de agosto

No dia 30 de agosto, os professores paralisarão as atividades para realizar ato na frente da Reitoria da UFBA, às 10h, para cobrar respostas à pauta encaminhada no início do ano, que inclui relatório do Reuni, segurança nos campi. Às 14h, os docentes se integram à Marcha das centrais, no Campo Grande, temas específicos, como 10% do PIB para a educação pública, defesa da aposentadoria e contra o Funpresp. Esta foi a decisão da assembleia geral da Apub, na quinta-feira (22/08). Na mobilização, que poderá parar a cidade, como aconteceu na do dia 11 de julho, a presença dos professores universitários demonstra o compromisso com a universidade pública e uma sociedade mais desenvolvida e socialmente justa.

Escola de Música: caso exemplar
Risco de incêndios, aparelhos de ar-condicionado quebrados, lixo da recente reforma lançado no fundo da escola, mofo nas paredes e ameaçando equipamentos, curso de música popular sem instalação adequada, esforços infrutíferos do diretor para resolver as questões. Estes foram os problemas colocados pelo professor e renomado percussionista Joel Sacramento, na assembleia da Apub. Decidiu-se apoiar a mobilização dos professores, estudantes e técnicos administrativos da Escola, elaborar relatório sobre a situação, apresentá-lo à Reitoria, pedir informações e posterior audiência. A situação da Escola de Música não é a única na universidade.

Condições de trabalho
A defesa das condições de trabalho no ensino, pesquisa e extensão, inclui várias ações. Um levantamento fotográfico e documental da situação das instalações da UFBA, as dificuldades para organização e funcionamento dos grupos de pesquisa, inclusive diante dos critérios para escolha de líderes apresentadas pela CAPEX, a retomada da articulação para a definição pelo Consuni da carga horária mínima de 8 horas em sala de aula.

Estágio probatório e professores substitutos
As dificuldades enfrentadas pelos professores em estágio probatório e substitutos deve ser objeto de debate promovido pela Apub. A data ser brevemente marcada.
A divulgação e a mobilização dos professores, que é fundamental para o enfrentamento destas questões, é tarefa da Apub e dos professores. Estes foram os encaminhamentos também aprovados na assembleia da Apub, realizada na quinta-feira (22/08).
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu