APUB fala sobre cortes de verbas nas IFES e campanha salarial de servidores federais

No Programa do Trabalhador na Rádio Metrópole do dia 11 de junho, o presidente da APUB, Emanuel Lins falou sobre o bloqueio de 7,2% – inicialmente era de 14,5% – das verbas das Universidades e Institutos Federais pelo MEC, que ameaçam o desenvolvimento e a qualidade das atividades nas instituições. Ele ressaltou as movimentações em defesa das IFES, lembrando que em 2019 os bloqueios foram revertidos graças à mobilização da sociedade, que aponta o governo de Jair Bolsonaro como inimigo da educação.

O professor também falou sobre o recente processo de Consulta Informal e Paritária à Comunidade Universitária para escolha da Reitoria da UFBA, organizado pela APUB, ASSUFBA e DCE, entidades representativas dos três setores – docentes, técnicos-administrativos e estudantes. Nesse ponto, destacou que a comunidade universitária está atenta contra a possibilidade de intervenção do governo, exigindo que seja respeitada a autonomia e os escolhidos (Paulo César Miguez para reitor e Penildon Silva como vice-reitor) sejam nomeados.

Por fim, falou sobre a campanha salarial unificada dos servidores públicos para recomposição salarial diante das perdas inflacionárias dos últimos quatro anos.

Ouça aqui:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp