Bahia oferece mais de 12 mil vagas pelo Sisu

Fonte: Correio 24 horas (edição de sexta-feira 03/01)

Entrar na universidade, mudar de instituição ou trocar de curso. Estudantes de todo o Brasil que desejam uma das alternativas e fizeram o Enem devem realizar as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) desta segunda-feira (06/01) até sexta-feira (10/01).

Na Bahia, são 12.459 vagas, sendo 6.192 apenas em Salvador. No ano passado, a Bahia contou com 5.496 vagas distribuídas em seis instituições, que esse ano passaram para nove com a entrada da Universidade Federal da Bahia (Ufba), da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Para concorrer é preciso ter realizado o Enem em 2013 e ter obtido nota diferente de zero na Redação. O cadastro é feito no site do Sisu na internet (sisu.mec.gov.br), com o número de inscrição e senha usados para o Enem no ano passado. Números de outras edições da prova não são aceitos. Quem perdeu a numeração pode recuperar os dados através da página do Enem.

Gabriel Veronez,  17 anos, está na expectativa para saber se terá nota suficiente para ingressar no curso de Geologia da Ufba. “Acho que fiz a prova bem, mas foi a mais difícil dos últimos três anos”. Ele não pensa em deixar o estado, mas aprovou a seleção unificada. “Você faz uma prova e escolhe para onde quer ir. Vários amigos querem ir para o Rio e isso facilitou muito”, avaliou.

O caso de Uenderson Nunes, 25, é o contrário. Ele já cursa Geologia na Ufba, mas quer trocar a instituição. “Antigamente, na maioria das faculdades, o vestibular tinha que ser na cidade da universidade e nunca dava para viajar só para fazer o vestibular”, contou. Ele pretende optar por Minas Gerais ou Rio Grande do Sul e garante que não é o único. “Várias pessoas estão na mesma, querem mudar de curso ou faculdade”.

Datas
No dia 13 de janeiro, será divulgado o resultado da 1ª chamada e os aprovados terão entre os dias 17 e 21 de janeiro para realizar a matrícula. A 2ª chamada deverá ser conhecida no dia 27 de janeiro e o período para as novas matrículas será entre 31 de janeiro e 4 de fevereiro.

A partir do dia 11 de fevereiro começa a convocação dos candidatos da lista de espera. Para escolher a opção, o estudante terá entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro para acessar o sistema e confirmar o interesse. A espera vale apenas para a 1ª opção de vaga.

A seleção será feita tanto para o 1º quanto para o 2º semestre de 2014, de acordo com a classificação do estudante, mas as matrículas devem ser efetivadas no mesmo prazo. A documentação necessária em caso de aprovação será informada no momento da inscrição.

Instituições podem aplicar políticas afirmativas próprias

Além das cotas, as instituições podem aplicar políticas afirmativas próprias. As universidades e institutos e centros federais que participam do Sisu reservaram pelo menos 25% de suas vagas para os estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Até 2016, de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas), o percentual deverá ser de 50%. Das vagas reservadas para candidatos de escola pública, metade deve ser destinada para estudantes cuja renda familiar bruta mensal seja de até 1,5 salário mínimo.

Outro percentual será reservado para os estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas em proporção igual à da população do estado da instituição, segundo censo do IBGE. Além disso, algumas instituições possuem políticas afirmativas próprias e o estudante deve optar pela modalidade que esteja de acordo com seu perfil e disputar as vagas com outros candidatos da mesma opção. A instituição tem a opção também de acrescentar um bônus na nota do Enem como forma de ação afirmativa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu