Congresso Docente tem segundo dia apresentações de trabalhos

Na tarde do dia 24, o Congresso Apub teve a sua última rodada de apresentações nos Grupos de Trabalho; os temas foram: Educação, Ação Política e Democracia, Ciência e Tecnologia e GT Financiamento, expansão e condições de trabalho + carreira e aposentadoria. Antes, aconteceu ainda uma oficina sobre questões jurídicas com o advogado Pedro Ferreira, que abordou as principais ações de interesse dos docentes como o 3,17%, retroativo de promoções e progressões, entre outras.

O GT Financiamento, expansão e condições de trabalho + carreira e aposentadoria foi coordenado pelos professores Joviniano Neto e Rutildes Fonseca. Ali foram debatidas questões relacionadas ao trabalho docente. Joviniano Neo também apresentou dois trabalhos abordando a relação entre a valorização da carreira docente e aposentadoria digna e a reestruturação dessa carreira e o reconhecimento social da profissão.

IMG_6350site

O GT Ciência e Tecnologia teve a participação do do engenheiro Allan Hayama, dirigente do Sindicato dos Engenheiros da Bahia. Ele apresentou os objetivos da Plataforma Operária e Camponesa de Água e Energia – entidade nacional, mas com inserção nos Estados, que congrega mais de 80 entidades entre sindicatos e movimentos sociais. A Plataforma propõe o debate sobre os usos dos recursos naturais do Brasil e tem como uma das principais formas de atuação o Curso de Formação de Formadores, do qual, duas etapas já foram realizadas na Bahia, inclusive com o apoio da Apub. “O nosso foco principal é, além de fazer o curso de formação de formadores, é dialogar com a população, especialmente os jovens”, disse.

IMG_6366site

Neste mesmo GT, a presidenta Luciene Fernandes e a diretora Raquel Nery apresentaram trabalhos. Luciene falou da Ciência e Tecnologia como fator de convergência e estratégia de mobilização dos/as trabalhadores/as. Ela explicou o contexto do envolvimento da Apub na Campanha Conhecimento Sem Cortes e lembrou a aprovação, no Encontro Nacional do PROIFES-Federação, da reorganização da Campanha, em parceria com outras entidades, como no caso da Plataforma Operária e Camponesa. Já Raquel abordou a educação básica como lugar fundamental para o desenvolvimento científico. “O setor da formação de professores precisa ser melhor observado e tratado do ponto de vista politico para a preservação da qualidade da educação básica”, afirmou.

IMG_6362site

O GT Educação, Ação Política e Democracia trouxe diversas reflexões a respeito da defesa da universidade pública, organização e mobilização docente, formas de luta e também organização sindical. Encerrando as falas, Luciene Fernandes refletiu sobre os objetivos do Congresso: “queremos ouvir o professor e por isso agradeço a todos e todas que estão aqui presentes porque isso vai fortalecer a nossa luta”

IMG_6427site

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu